terça-feira, 9 de dezembro de 2008

.despertar para um finício-pt1

(ou minhas novas memórias de trás pra frente aos poucos)



.às vezes eu acordo pensando em algo específico. Poucas vezes, pois a maior parte do tempo eu acordo preocupado com o horário, calculando quanto tempo tenho e tudo que tenho que fazer nesse tempo. E como quase sempre o tempo é curto, não consigo pensar em nada livremente. Meu pensamento alterna entre meus compromissos em si e o tempo que tenho para estar neles, e assim a cada 5 minutos aproximadamente, me pego recalculando alguma parte das coisas que tenho pra fazer, ou o tempo que tenho que gastar nelas e coisas do tipo. Quase sempre estou atrasado. Admiro meus amigos que nunca estão atrasados. São poucos. Às vezes desconfio se eles realmente nunca estão atrasado. Pelo menos não aparentam, ou quem sabe, não sabem. É muito gostoso acordar pensando despreocupadamente em algo espécifico. É engraçado, pois o tempo todo, nossa mente parece estar num brainstorm. Quando acordamos pensando, além de não conseguir encontrar o ínicio do pensamento, ele parece ser livre de digressões e relações com outras coisas. Sei lá, talvez seja um despertar suave, e a mente só continua lidando com algo que nosso inconsciente estava maquinando enquanto dormiamos. É um pensamento suave. Hoje eu acordei assim. Pensando em algo específico. Embora saiba isso, não me lembro exatamente no que estava pensando. Deveria ser algo bom. Meu dia foi bom.

Um comentário:

  1. adorei o trato com a linguagem. Sou uma amiga atrasada e que dá bolos. Vc não me admira? rs

    ResponderExcluir